Bolsa Família 2019

Bolsa Família Valor 2019

Bolsa família Valor 2019 – O programa bolsa família criado pelo o Governo Federal é considerado um dos maiores programas de distribuição de renda do Brasil, vem ajudando muitas famílias que vivem em situação de extrema pobreza a proporcionar um sustento mais digno. Por isso, está previsto o reajuste do bolsa família valor 2019, para trazer mais igualdade de renda para os brasileiros.

O programa foi criado para suprir as necessidades de famílias carentes, possibilitando o acesso das mesmas a educação, saúde e uma alimentação digna, incentivando as crianças e jovens a dar continuidade a vida acadêmica, grande parte das famílias carentes no Brasil não teria acesso ser quer a educação se não fosse pelo o programa.

Bolsa Família Valor 2019
Bolsa Família Valor 2019

Valor Bolsa Família 2019

Valor do Bolsa Família 2019É muito comum que as famílias recentes no programa, não tenha conhecimento sequer do valor do seu benefício, vale ressaltar, que cada família cadastrada no programa recebe um valor diferente, confira abaixo algumas informações.

  • O benefício básico é concedido para famílias que vivem em condição de extrema pobreza, no geral, o básico e destinado a famílias que possuem renda per capita de até R$ 85, onde é destinado esse valor por família.
  • Variável a gestante, como o próprio nome diz é concedido a famílias que possuem em sua composição familiar gestantes, durante os 9 meses de gestação é concedido R$ 39 a mais no orçamento familiar.
  • Famílias que tem em sua composição crianças de 0 a 6 anos também recebem a variável nutriz que é um valor de R$ 39 por criança.
  • Famílias que tenham em sua composição jovens com idade de 16 a 17 anos também possui uma assistência financeira maior no valor de R$ 46 reais, pode ter cadastro por família até 02 jovens.
  • Superação de extrema pobreza é concedido a famílias que vivem em extrema carência, dessa forma, além do valor de R$ 85 reais, recebe um auxílio a mais para ajudar a superar as dificuldades do dia a dia.

Aumento Bolsa Família 2019 anual

Segundo a lei que regulamenta o Bolsa Família, o aumento anual do benefício é obrigatório para evitar a defasagem do valor do benefício. O Governo Federal, entretanto, nem sempre cumpre esse compromisso, e por isso o valor do benefício já está bem defasado.


Reajuste Bolsa Família 2019

Mesmo com o atual cenário de crise que o Brasil vem enfrentado, foi concedido a reajuste de diversos benefícios sociais, um deles é do programa bolsa família que sofreu reajuste de 12,5% para o ano de 2019.

Dessa forma, as famílias vão conseguir garantir um sustento mais digno com a ajuda do programa.


Corte do Bolsa Família 2019

Com o atual cenário de crise que o Brasil vem enfrentando, vários cortes foram feitos, em diversas áreas de atuação, inclusive nos benefícios sociais, um dos principais afetados também foi o bolsa família.

Para cortar os gastos e garantir que somente os cidadãos elegíveis ao programa estejam recebendo o benefício, o programa cortou todos os cadastros conflitantes e faltantes de informações do programa.

Se do nada o seu benefício foi reduzido ou cortado, é importante procurar um posto de atendimento do programa bolsa família em sua cidade, para efetuar o recadastramento dos seus dados e solicitar o benefício de novo.

Esse ano, o aumento destinado ao programa é de 12,5%, reajuste esse maior que 9%, prometido anteriormente pelo o planejamento da Ex-presidente Dilma Rousseff.


Valor do Bolsa Família 2019

o reajuste dado para o ano de 2019 foi de 12,5% esse valor vai com certeza fazer muita diferença no orçamento de diversas famílias espalhadas no Brasil que vivem em situação de extrema pobreza.


Quem tem Direito ao Bolsa Família 2019

Quem tem direito ao Bolsa FamíliPara ter direito a receber o valor do bolsa família 2019, é necessário que a família se enquadre em todos os requisitos de escolarização e renda. Confira abaixo:

  • Renda: A família precisa ter renda mensal (a média por pessoa) de até R$ 170,00.
  • Escolarização de crianças: Caso a família tenha crianças entre 6 e 15 anos de idade, é necessário que essas apresentem frequência escolar superior a 85%;
  • Escolarização de jovens: Caso a família tenha jovens com 16 ou 17 anos de idade, é necessário que esses apresentem a frequência escolar superior a 75%;
  • Saúde de gestantes: É necessário que as gestantes façam todas as etapas do pré-natal pelo SUS.

Telefone Bolsa Família 0800

Telefone Bolsa Família 2019A Caixa Econômica Federal disponibiliza uma linha para consulta grátis do bolsa família. Através da central de atendimento Caixa Cidadão, o beneficiário tem acesso à diversos serviços, como a Consulta Saldo Bolsa Família, consulta das datas de pagamento do eu benefício, verificar a situação do seu auxílio e muito mais.

Para consultar o saldo do Bolsa família, basta ligar para 0800.726.0207, de segunda a sexta feita, das 8h às 21, ou aos sábados, das 10h às 16h. A ligação é grátis, e o número aceita tanto ligações de fixo quanto de celular.

Através do número 0800, além de consultar o saldo de seu benefício, você ainda poderá consultar o calendário bolsa família 2019, e o saldo de outros importantes benefícios do trabalhador brasileiro, como o saldo do Fundo de garantia, parcelas do PIS, seguro desemprego e de outros benefícios sociais do governo federal.


Aplicativo de Bolsa família

Outra alternativa para a consulta do Bolsa família Valor 2019 é o aplicativo liberado pela Caixa Econômica Federal. O aplicativo está disponível para as principais plataformas de dispositivos móveis e seu download é grátis.

Para baixar o aplicativo:

  1. Acesse a loja do seu celular;
  2. Busque pelo termo “bolsa Família”;
  3. Baixe o aplicativo da Caixa Econômica Federal;
  4. Aguarde a instalação;
  5. Após instalado, acesse o aplicativo;
  6. Digite o número do cartão do bolsa família.

Atenção: Existem vários aplicativos no site da Google Play com o nome de “Bolsa Família”. Certifique-se de baixar apenas o aplicativo desenvolvido pela Caixa Econômica Federa, para evitar dores de cabeça.

Aplicativo Bolsa Família
Aplicativo Bolsa Família

Bolsa família Bloqueado 2019

Bolas Família Bloqueado 2019Uma das maiores dores de cabeça que o beneficiário do Bolsa Família pode ter é ao ter o benefício bloqueado. Normalmente, o benefício é bloqueado quando o beneficiário não cumpre os requisitos do programa, como participação do recadastramento obrigatório por exemplo:

Como evitar de ter o benefício bloqueado:

  • Toda vez que sacar o benefício, confira no comprovante sempre se não existe uma mensagem solicitando o recadastramento do bolsa família. Se tiver, faça o mais rápido possível;
  • Nunca deixe de atualizar o cadastro se trocar de endereço;
  • Nunca deixe de atualizar o cadastro se trocar a escola das crianças;
  • Certifique-se de que as crianças cadastradas estão cumprindo os requisitos de permanência na escola;
  • Mantenha a carteirinha de vacinação das crianças em dia;
  • Participe de todas as atividades de saúde obrigatórias na sua região. Você pode se informar mais a respeito com o assistente social do seu município.

Como desbloquear o Bolsa Família

Para desbloquear o seu benefício, será necessário comparecer à assistência Social do seu município para atualizar o cadastro do programa. O sucesso do desbloqueio vai depender da causa que levou o valor do bolsa família 2019 ser bloqueado:

  • Se seu bolsa família for bloqueado por falta de atualização cadastral, ele poderá ser reativado caso você faça o recadastramento;
  • Se o motivo for o aumento da renda, você precisa provar que sua renda é inferior ao limite do bolsa família.

O Valor do meu bolsa família 2019 baixou. O que eu faço?

Caso o valor do seu benefício tenha caído, pode ser que um dos benefícios tenha expirado. Por exemplo:

  • Caso a família tenha uma gestante cadastrada, a parcela de R$ 39,00 deixará de ser paga após 9 meses;
  • Se a família tenha crianças até 15 anos de idade, a parcela de R$ 39,00 deixará de ser paga assim que esta completar 16 anos de idade;
  • Se a família tiver jovens de 17 anos de idade, a parcela mensal de R$ 45,00 deixará de ser paga assim que ele completar 18 anos.

Como resolver?

  • No caso de crianças que completaram 16 anos, será necessário recadastra-las como jovens, para receberem a parcela de R$ 45,00 mensais;
  • No de gestantes, assim que o período de 9 meses expirar, certifique-se de cadastrar o recém-nascido para que esse passe a receber a parcela mensal de R$ 39,00.
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *